• Clínica Daia Venturieri

Você sabia que apendicite também pode ser crônica?


Embora seja menos comum, a apendicite crônica existe, sim! Ela é diferente do tipo agudo, mas também exige bastante atenção dos médicos e pacientes.


Neste caso a dor crônica deve permanecer por mais de um mês, mas muitos pacientes ficam sem o diagnóstico pois ela é considerada sem causa aparente, o que é um erro grave. No caso da apendicite aguda, ela é mais comum e costuma avançar rapidamente, ao contrário do tipo crônico que progride de forma lenta.


Além da dor crônica no lado direito do abdômen, é comum que ela afete também a parte inferior e cause febre ou náuseas com a falta de tratamento, sendo mais recorrente em pessoas acima de 40 anos. O diagnóstico em geral é mais difícil pela falta dos sintomas iniciais, por isso é importante manter os seus exames de sangue em dia e realizar a endoscopia quando necessário.


Já o tratamento irá variar conforme cada paciente, mas normalmente são indicados medicamentos para avaliar a dor e também controlar possíveis infecções. Porém, para resolver por completo o problema é necessário retirar o apêndice de forma cirúrgica.


Envie as suas dúvidas sobre o tema para saber mais!


#obstetricia #mastologia #cirurgiaplastica #saudesp #bemestar #saude #ginecologiasp #mastologiasp #obstetriciaperdizes #ginecologiaperdizes #mastologiapedizes #ginecologiamooca #obstetriciamooca #mastologiamooca #drmarcelodaia #draliviadaia #saudedamulher #saudefeminina #apendice #apendicite #apendicitecronica

3 visualizações

Clínica Daia Venturieri - Todos os direitos reservados - 2018