• Clínica Daia Venturieri

Vaginose bacteriana: o que é isso e como tratar?


A Vaginose Bacteriana é um tipo de infecção originada da alteração no equilíbrio das bactérias da vagina. A condição não é considerada uma Doença Sexualmente Transmissível (DST), já que muitas das bactérias causadoras da dela estão presentes naturalmente no corpo humano, mas a doença também pode acontecer através do contato íntimo.

.

.

O principal sintoma da Vaginose Bacteriana é o corrimento vaginal. Com odor intenso e desagradável, a secreção pode variar de cor e intensidade de fluxo, tornando-se mais perceptível após a menstruação e a relação sexual.

.

.

Através de um exame pélvico, o diagnóstico é realizado pela coleta de uma amostra da secreção diretamente da vagina. Além de diagnosticar a vaginose, a amostra também é fundamental para identificar a bactéria originária da infecção.

.

.

O tratamento para a vaginose bacteriana é realizado com o uso de antibióticos. A infecção geralmente é resolvida em poucos dias e sem gerar complicações. Contudo, manter o acompanhamento ginecológico é fundamental, já que a vaginose costuma ser recorrente.

.

.

Na ausência de tratamento, a vaginose bacteriana pode evoluir para a doença inflamatória pélvica (DIP) e aumentar a probabilidade de infecção por Doenças Sexualmente Transmissíveis. No caso de gestantes, a vaginose também pode aumentar o risco de parto prematuro.

.

.

Você gostou desta postagem? Curta para seguir acompanhando!

.

.

.

#clinicadaia #daiaventurieri #clinicadv #clinicadaiaventurieri #ginecologia #ginecologista #obstetricia #mastologia #cirurgiaplastica #saudesp #medicina #bemestar #saude #saudefeminina #ginecologiasp #mastologiasp #obstetriciaperdizes #ginecologiaperdizes #mastologiapedizes #ginecologiamoca #obstetriciamoca #mastologiamoca #drmarcelodaia #draliviadaia #vaginose #saudedamulher

0 visualização

Clínica Daia Venturieri - Todos os direitos reservados - 2018