Clínica Daia Venturieri - Todos os direitos reservados - 2018

CLÍNICA OBSTÉTRICA

A obstetrícia é a área da medicina que trata questões da reprodução. Portanto, o ginecologista obstetra faz o acompanhamento da gestação até o pós-parto. A etimologia da palavra já mostra a importância desse profissional, pois, obstetra vem do latim obstetrix, derivada do verbo obstare que significa “ficar ao lado”. Explicaremos o trabalho do obstetra e se você está na capital paulista e procura um ginecologista obstetra em São Paulo, falaremos sobre nossos recursos técnicos e, o mais importante, nossos recursos humanos.

Como se tornar obstetra?

A obstetrícia é usada na medicina e na enfermagem. A diferença é que somente o médico possui autorização para realizar cirurgias. Os caminhos para obter a especialização em obstetrícia são a residência médica em uma instituição reconhecida. Mas, também há possibilidade de fazer uma prova de títulos, ou seja, apresentar diplomas de cursos para avaliação. Esta prova de títulos é de responsabilidade da Febrasgo (Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia).

O trabalho do obstetra

Com o título de especialista em mãos, o obstetra vai trabalhar com as questões reprodutivas da mulher. Ele cuidará de tudo relacionado à fisiologia e patologia da gravidez, parto e puerpério, período de 45 a 60 dias após o parto.

 

O obstetra realiza o pré-natal e pede exames para avaliar a saúde da mãe e do desenvolvimento do bebê. Ultrassonografia e exames de sangue são alguns dos exames solicitados pelo profissional.

O acompanhamento do obstetra durante a gestação ocorre da descoberta até o dia do nascimento. Na reta final, baseado no andamento da gravidez e de tudo que já foi explorado e conversado, o obstetra explica se há alguma condição especial nesse parto.

 

Caso nada conste, fica a decisão sobre o parto nas mãos da mulher. Após o nascimento, mãe e bebê continuam sendo orientados pelo obstetra.

Neste acompanhamento o profissional acompanha a amamentação, verifica estado das feridas

operatórias, orienta sobre métodos contraceptivos, e dá um suporte emocional cheio de carinho para aquela família que se formou. O trabalho do obstetra permeia também por questões psicológicas. Ele deve estar atento a sinais de ansiedade e tristeza das mães acima do normal, podendo identificar depressão pós-parto. Neste aspecto, o profissional trabalhará em conjunto com o acompanhante da mãe.

Procura uma clínica obstétrica em São Paulo?

A gravidez é um momento mágico na vida de uma mulher. E somente um profissional altamente qualificado conseguirá prestar o atendimento necessário para garantir a saúde da mãe e o pleno desenvolvimento do bebê. Por isso, você que pesquisa referências de um bom ginecologista obstetra em São Paulo precisa conhecer nossos diferenciais. Dividiremos isso em duas partes: recursos humanos e recursos técnicos.

Recursos Humanos

Recursos Técnicos

Acreditamos que todo atendimento médico deve ser individualizado e humanizado. Aqui, pacientes e familiares recebem as orientações clínicas e têm suas dúvidas e anseios respeitados. Desenvolvemos a empatia diariamente para criar um canal de comunicação eficiente

Além de ser um espaço humano e acolhedor, a clínica dispõe de equipamentos que tornam o diagnóstico e tratamento eficientes para recuperação física e psicológica do paciente.

Agende a sua consulta!